Grêmio Libertador

Vitória fora: Everton 1×0 Fluminense

Foi uma vitória espetacular, com um gol antológico, em um jogo terrível. O Grêmio venceu fora com um gol do Everton aos 47 minutos do segundo tempo. Uma vitória digna de um time que quer ser campeão.

O primeiro tempo foi de dar gastura. Que jogo modorrento. Os dois times jogando atrás, pra não levar gol. O Grêmio sem a bola, numa estratégia que poderia ser perigosa: cansar o adversário. Deixava ele jogar, ele chegar, mas não tinha saída para contra-ataque. Também pudera, com a escalação de Douglas e Jean Pyerre como jogadores mais avançados, com dois pontas que acabaram

Grêmio Libertador

De virada: Grêmio 3×2 Ceará

Os números mostravam: o Ceará não seria barbada. Um dos melhores times do segundo turno, sim. Mas o que surpreendeu o Grêmio foi a postura do adversário. Ao invés da retranca já tradicional dos adversários na Arena, o time do Lisca resolveu jogar bola, com muita velocidade no contra-ataque mas com dois jogadores desgarrados das linhas da defesa. Mas o Grêmio falou mais alto. Muito superior no segundo tempo, o time foi atrás duas vezes do resultado e virou num golaço de falta de Luan. O 3×2 nos mantém no ritmo e tirando a diferença do líder. Já foi sete,

Grêmio Libertador

Enorme: Grêmio 2×0 Tucuman

Alissson, o baixinho enorme, foi o nome do jogo na Argentina.

Um Grêmio enorme irrompeu em Tucuman e acabou com o Atlético da cidade. A vitória de 2×0 veio principalmente dos pés de Alisson, o iluminado, que foi colocado no time titular pelo Renato para suprir a falta de um centroavante. Luan fez o falso 9, Ramiro fez um tripé com Cícero e Maicon e o Grêmio de 2018 tá se reinventando em um 4-3-3 que muitos diziam impossível. Para o Renato, o estudioso Renato, nada é impossível, nada é impensável. E é preciso recompensar quem está na melhor fase

Grêmio Libertador

Recalculando…

Sei que hoje tudo é Libertadores mas trago notícias sobre o Campeonato Brasileiro. Acabou demorando por que a rodada também demorou pra terminar. Pelo menos no que nos interessa nesse momento, que é o G-4 daquela competição. Com a vitória da Chape ontem na Arena Condá terminamos a 25ª rodada da competição. E tá na hora da gente dar uma conferida em como estamos e ajustarmos a rota. Então, recalculando, o Grêmio não está no G-4, que eu considero o objetivo em todos os anos. Mas estamos bem pertinho. E o desempenho dos 5 primeiros está assim:

Pra quem

Grêmio Libertador

Saúde e felicidade! 115 anos, 2 gols à favor e 0 contra.

E contando. O Grêmio que nos enche de saúde e felicidade anda colhendo paz e alegria na lavoura da amizade. E que lavoura. Se já colhemos Pedro Rocha, Arthur, Luan, Jaílson (por que não) temos florescendo Pepê, Matheus Henrique. E esse jogo de hoje foi só pra provar isso. Ninguém mais fala – a não ser por birra – que o time reserva do Grêmio é abdicar do campeonato. O Grêmio não tem time reserva, o Grêmio é um dos únicos times no Brasil que se preparou seriamente para disputar tudo em 2018. Se caiu pro Flamengo na Copa do

Grêmio Libertador

Jogo dos erros: Grêmio 0x1 Inter

É sempre uma bosta perder, ainda mais quando a gente perde pro Inter. Mas esse é um daqueles jogos que dá ainda mais raiva. Porque não perdemos pra outro time se não pro próprio Grêmio. Porque foi um jogo dos erros: erramos muito, e o Inter errou muito também. Só que nós não aproveitamos nenhum dos erros deles. E eles aproveitaram um dos nossos. Aí a merda pega preço e a distância para a liderança voltou a ser abismal. É preciso uma campanha quase perfeita para recuperar os 7 que estamos de distância dos 66% de aproveitamento. É preciso sete

Grêmio Libertador

Empate fora com boas notícias

Sim, você leu bem. Esse empate fora foi com boas notícias. Obviamente não foi o placar. Uma vitória teria colocado o Grêmio em condições de passar o Inter no Gre-Nal. O que sempre é bom. Agora, mesmo em caso de vitória, ficaremos atrás por dois pontos. Também seria bom ganhar o jogo de hoje para poder ficar com 43 pontos em 23 rodadas, ou seja, apenas 3 pontos atrás da pontuação conseguida na métrica aquela do 10 em 15 (ou seja, recuperaríamos pontos perdidos em outras etapas.

A atuação do Grêmio também não teve a boa notícia. A escalação do

Grêmio Libertador

O Grêmio é grande. O Grêmio é forte.

Mais um jogo que vai ficar para a história do Gremismo. O que vai ser perguntado por todos nem é quanto foi a partida, ou quem fez o gol. A pergunta será onde você estava quando o Alisson meteu aquele gol de cabeça, do alto dos seus 1,60m, aos 47 do segundo tempo. Pois bem, eu vou contar onde eu estava.

A minha esposa é professora e estava há 80 km de casa quando o jogo começou. Isso significa que eu estava cuidando da Elis e da Maya, minhas filhas, sozinho, em casa. A primeira, mais velha, de seis anos,

Grêmio Libertador

Falta de Arthur: um lugar comum

Arthur é um excelente jogador. Tão bom que vai jogar no Barcelona na esperança de substituir uma lenda dos meio campos mundiais que saiu do seu lar para o Japão. Arthur fez falta pra Seleção Brasileira por pura bruxisse do treinador. Arthur faz falta pra meio mundo que conhece ele e vai fazer falta pro outra metade do mundo que for assistir ele jogar de azul grená. Então, dizer que o Arthur faz falta para o Grêmio é um lugar comum dos mais rasos. O grande problema, pra mim, é querer agora dizer que todo o problema do Grêmio é

Grêmio Libertador

Até com o Banguzinho: Grêmio 3×1 Goiás

O Banguzinho mostrou evolução nesta quarta feira para bater o Goiás por 3×1 na Arena (e o agregado deu 5×1, só pra manter a escrita). E isso foi melhor que o resultado. Sim, o adversário era mais fraco que o Botafogo, mas o time se comportou muito melhor com as alterações feitas pelo Renato. Se por um lado a gente teve que improvisar um zagueiro, de outro a gente ganhou um jogador a mais com o Cícero de volta a sua melhor função. Se o Grêmio conseguir recuperar o Maicossuel teremos um time capaz de dar os pontos que faltaram