Grêmio Libertador

É cedo… ou tarde demais!


A música do Titans não sai da minha cabeça desde que as especulações sobre a saída do Renato do Grêmio aumentaram.

A ideia de não ter nosso ídolo maior treinando o time sempre passou pela minha cabeça, pois sabemos o quanto o Renatão ama o Rio de Janeiro. Mas confesso que não seria agora, até porque estamos muito melhores em elenco, moral e prestígio. Qual maluco sairia de um time tão azeitado como está o time do Grêmio hoje.

Muitos dizem que o Renato não tem vida aqui, não consegue sair na rua, pois é parado por todo mundo para tirar fotos, conversar, enfim babar um pouco no ídolo. Lá no Rio de Janeiro ele seria mais uma celebridade entre tantas outras, passaria desapercebido e poderia jogar seu futevôlei nas areias do Leblon sem ser incomodado. Além da proposta do Flamengo, que parece ser uma babilônia de dinheiro.

Espero que depois do jogo de Pelotas o guri de Guaporé, diga a nação gremista que fica, que o Rio pode esperar, que mandou construir uma cancha de  futevôlei do lado do Guaíba  e que vai botar uma réplica do Cristo Redentor no morro da polícia pra se sentir em casa.

Quanto a música do Titans, eu fico na primeira frase, É cedo, é muito cedo, pra dizer adeus, pra dizer jamais.

O post É cedo… ou tarde demais! apareceu primeiro em Grêmio Libertador.

Leia a notícia completa aqui:

http://www.gremiolibertador.com/e-cedo-ou-tarde-demais-2/